Notícias

ELETRÓLITOS: A IMPORTÂNCIA DA DETERMINAÇÃO DO SÓDIO E POTÁSSIO NO DIAGNÓSTICO

14/02/2019
Categoria(s):

Os eletrólitos têm um papel importante na manutenção da homeostase no organismo. Nos mamíferos, os líquidos e eletrólitos estão distribuídos nos compartimentos intra e extracelular, cuja manutenção de volume e composição, é essencial para processos metabólicos fundamentais à vida, como a distribuição normal de água e a pressão osmótica das células.

Os eletrólitos sódio (Na+) e potássio (K+):

Considerando os fluídos corporais, o sódio (Na+) é o principal cátion extracelularo potássio (K+) é o principal cátion intracelular. Ambos têm papel fundamental na manutenção da homeostase e equilíbrio eletrolítico no organismo.

As concentrações de Na+ e K+ são mantidas pela bomba Na-K ATPase das membranas plasmáticas, a qual transporta de forma ativa o Na+ para o exterior das células e K+ para o interior.  As diferenças na composição entre o líquido intra e o extracelular são mantidas ativamente pela membrana celular, que é semipermeável (totalmente permeável à água e seletiva para outras substâncias como os íons). Como a água se difunde livremente através da barreira celular, seu movimento é determinado pelas alterações na concentração dos eletrólitos osmoticamente ativos (principalmente o sódio e o potássio) de cada lado da membrana. Pequenas variações na concentração destes íons podem provocar graves danos à saúde.

Neste contexto, a determinação dos eletrólitos é uma das mais importantes na clínica laboratorial, pois é através do controle de seus níveis que são mantidos a distribuição normal de água e pressão osmótica das células. A medição destes parâmetros, associados ao quadro clínico do paciente, auxilia o médico no diagnóstico e tratamento de diversas condições. São demandados em exames de rotina hospitalar e emergências.

Métodos utilizados na determinação:

Fotômetro de chama: princípio baseia-se na espectrometria atômica. Consiste na diluição da amostra com solução específica e utiliza-se equipamento dedicado, no qual são aspiradas as amostras e exposta à chama, promovendo a liberação de energia que são medidas em comprimentos de onda específicos ao eletrólito mensurado.

Eletrodos Íons Seletivos (ISE): princípio baseia-se na potenciometria. Consiste em equipamento ou módulo dedicado com uso de eletrodos específicos aos eletrólitos, por onde as amostras passam e são medidas as diferenças de potenciais.

Enzimático: princípio baseia-se na reação enzimática. Consiste na medição realizada nos analisadores bioquímicos (fotometria), os quais disponibilizem comprimento de onda específico, com controle da temperatura de reação e tempo (monitoramento da cinética).

Pioneira ao lançar uma solução rápida e eficiente para a determinação quantitativa de íons sódio e potássio em amostras de soro, a Labtest Diagnóstica disponibiliza em seu portfólio os produtos Sódio Enzimático SD Ref. 124 e Potássio Enzimático SD Ref. 125, permitindo que o laboratório realize a determinação destes íons através da metodologia enzimática.

As vantagens do método enzimático são exatidão nos resultados, redução de custo e praticidade, pois a medição dos íons é facilmente incorporada à rotina laboratorial dos demais testes bioquímicos, não necessitando de equipamentos dedicados ou práticas paralelas.Fontes:

Fontes:

C.A Burtis, E.R. Ashwood, D. E. Bruns – Tietz Text book of Clinical Chemistry and Molecular Diagnostics, 4 ed.

Labtest: Dados de arquivo

Voltar